Cartas para o oriente

Marco Prates 

Cartas para el Oriente

Eu sei que você nunca lê as cartas que eu nunca escrevi

Hoje, amanhã ou talvez um dia eu consiga me redimir

Confesso que eu nunca tentei por desejar não lhe ferir

Sei que não seria bom pra você se não consigo ser pra mim

 

Palavras secretas

Suspiros eternos

Silêncio sincero que se cala ao falar

 

Mesmo com nossos encontros sendo tão casuais

Eu fico na expectativa de torna-los reais

Aqueles velhos retratos que nunca tiramos

Ficam guardados comigo pra onde eu vou

Yo sé que nunca lees las cartas que nunca escribí

 

Hoy, mañana o tal vez un día consiga redimirme

 

Confieso que nunca he intentado por desear no herirle

Sé que no sería bueno para ti, si no puedo ser para mí

 

Palabras secretas

Suspiros eternos

Silencio sincero que calla al hablar

 

Incluso con nuestros encuentros siendo tan casuales

Me quedo en la expectativa de hacerlos reales

Aquellos viejos retratos que nunca sacamos

Me quedan guardados conmigo a donde voy

  • Spotify | Marcozero
  • Deezer | Marcozero
  • YouTube | Marcozero
  • Instagram | Marcozero
  • Facebook | Marcozero
  • Twitter | Marcozero